quinta-feira, 24 de novembro de 2011

Almofada Poema





Saudades

Porque às vezes
Eu me pego inconsolável,
As borboletas vêm
Beber da minha lágrima
E eu me distraio




Poema de Virginia Finzetto bordado sobre linho tingido com bordas em tricoline e acabamento em sarja.  Gostou do poema? Leia mais no link:

http://vieouvirginia.blogspot.com/